Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

quinta-feira, março 19, 2020

#ValeAPenaLerDeNovo Hannah & Sullen - Capítulo 2

Por mais de 10 anos, Sarah procurou evitar filhos e mandou Hannah para um colégio interno onde Marie-Ange trabalhava como professora de Línguas Latinas (Português, Francês, Espanhol, Italiano e mesmo o próprio latim). Nada disso agradava Benjamin, que sonhava em ter a casa cheia de crianças. Ele confidenciou a Arlan:

- Por que Sarah não me dá mais filhos e ainda afasta de mim a única criança que tivemos?
- Quanto a Hannah estar em um colégio interno, entendo que seja o melhor para a educação dela. Ainda mais sob os cuidados da Marie-Ange...
- E por que ela não quer mais engravidar, Arlan???? Isso é o que me mata por dentro!!! Ela não me diz o motivo que a faz não querer ter mais filhos.
- Dizem que a dor do parto é terrível... Mas existem as cesarianas, a anestesia, sei lá.
- Arlan... Eu sinto que muito em breve algo de muito ruim pode acontecer comigo. Vou providenciar uma procuração para que, na minha ausência, você tome conta de tudo: do patrimônio, da casa, de Sarah e de Hannah.

Arlan se esforçou ao máximo para não esboçar um sorriso aberto:

- Benjamin, nada de mal vai acontecê-lo, pare de pensar em bobagens. Procure reconquistar sua esposa, quem sabe ela não cede e engravida novamente...


Noite de Amor - Dito e feito. Numa noite em que Sarah havia esquecido de tomar a pílula anticoncepcional, Benjamin a levou para jantar:

- Por que estamos aqui, meu amor? Alguma ocasião especial?
- Minha vida ao seu lado é uma ocasião especial, Sarah. Nossas vidas estão ligadas para sempre.
- Te amo tanto, meu marido...
- Me dá uma prova do seu amor, esta noite!
- Um filho, não é?
- Às vezes sinto que você quer proteger Hannah e nossos futuros filhos, de mim ou de alguma outra coisa...
- Uma mãe quer o melhor para os filhos, e sim, os protejo. Mas não de você, amor, nunca.
- Então, vamos ter outro filho. Ou filha, se Deus determinar.

E aquela noite realmente foi especial para Benjamin e Sarah. Meses depois, num dia de primavera de 1991, na mesma maternidade onde Hannah nascera, Marie-Ange e Hannah, já adolescente e conhecedora da psicose do amigo de seu pai, tentaram novamente evitar que Arlan assistisse o parto. Mas ele subornou um enfermeiro e foi direto para a sala de partos.

E assim, Sullen nasceu.

Sarah, Hannah e Marie-Ange se desesperaram porque agora eram três sob a mira de Arlan e Marie-Ange fugiu com as duas meninas em direção ao colégio interno. Benjamin não suportou a história:

- Sarah! Isso foi longe demais! Como permitiu que Marie-Ange levou nossas filhas daqui???
- Benjamin, acredite em mim, Arlan tem uma psicose em assistir partos e dominar as meninas até que ele as mate. Eu, Hannah e Sullen estamos ameaçadas...
- Que delírio é esse, Sarah??? Vamos procurar nossas filhas agora e colocar Marie-Ange na cadeia!


Arlan já havia arquitetado o resto da história: sabotou o carro de Benjamin e sabia que durante a viagem, ele perderia tudo: o controle do carro, a esposa, o patrimônio e a própria vida.

Arlan agora estava milionário com a herança de Benjamin. Só faltava resgatar as meninas, que a partir de então estavam sob sua tutela. O que será de Marie-Ange, Hannah e Sullen? Não percam o próximo capítulo