Podcast Tais Paranhos

domingo, março 08, 2020

#ElasFazemADiferença [2]

Ela tem apenas 19 anos, mas tem vários feitos em seu curriculum acadêmico. Juliana ficou internacionalmente conhecida ao desenvolver um plástico biodegradável a partir da casca da macadâmia. A façanha rendeu à jovem uma homenagem internacional, tendo um asteroide com seu nome. Detalhe: ela é a primeira brasileira a receber essa homenagem. Nascida na cidade gaúcha de Osório, a 106 km de Porto Alegre, Juliana é formada pelo Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul e tem como fontes de inspiração professoras e amigas de classe. Trabalhar com ciência, em uma época onde o criacionismo e o terraplanismo ganham cada vez mais força, mais do que o aprendizado, é uma forma de resistência. E por isso que o blog reconhece Juliana Estradioto como uma mulher que faz a diferença.