Podcast Tais Paranhos

domingo, março 08, 2020

#ElasFazemADiferença [5]

Maria da Penha Maia Fernandes é cearense e trabalha como farmacêutica. Ela é conhecida por dar seu nome à principal legislação de combate à violência contra a mulher: a Lei Maria da Penha. A origem dessa história é uma terrível violência sofrida por Maria da Penha. 

Em 1983, seu então marido, o economista e professor universitário Marco Antonio Heredia Viveros, tentou matá-la duas vezes. Na primeira vez atirou simulando um assalto, na segunda tentou eletrocutá-la enquanto ela tomava banho. Por conta das agressões sofridas, Penha ficou paraplégica. Dezenove anos depois, seu agressor foi condenado somente no mês de outubro de 2002, quando faltavam apenas seis meses para a prescrição do crime (no Brasil os homicídios prescrevem com 20 anos do ocorrido) Heredia foi preso e cumpriu apenas dois anos (um terço) da pena a que fora condenado. Hoje está livre. 

No entanto, o seu legado está firme. Atualmente, Penha é coordenadora de estudos da Associação de Estudos, Pesquisas e Publicações da Associação de Parentes e Amigos de Vítimas de Violência (APAVV), no estado do Ceará. Ela é fundadora do Instituto Maria da Penha, uma ONG sem fins lucrativos que luta contra a violência doméstica contra a mulher.

Ela foi indicada a títulos como o Premio Nobel da Paz e O Maior Brasileiro de Todos os Tempos.