quarta-feira, janeiro 08, 2020

Procon-PE realizou mais de 70 mil atendimentos em 2019

O Procon-PE fechou o ano de 2019 com 70.224 pessoas atendidas em todo o Estado. Em 2018 foram 64.650 atendimentos. O primeiro lugar ficou com a Celpe, com 5.744 atendimentos durante o ano. Entre os problemas mais apresentados pelos consumidores em relação a empresa estão: cobrança abusiva ou indevida, há também os que relatam perda de eletrodoméstico por queda de energia.

O 2º lugar ficou com a Compesa, com 4.567 atendimentos e o 3º lugar com a TIM, 2.728 atendimentos. Ainda entre as 10 mais reclamadas estão: a Claro; o Bradesco; a Caixa Econômica; TIM; OI Fixo; VIVO, Banco Itaú e Banco BMG.

Já sobre os atendimentos de dezembro, vimos que pela primeira vez algumas redes de departamento apareceram entre as 10 empresas mais reclamadas. Entre elas, estavam as Lojas Americanas, Riachuelo e Magazine Luiza. “Esses números mostram um reflexo pós Black Friday e compras de Natal”, explica o gerente de atendimento, Pedro Cavalcanti, salientando que cada vez mais o consumidor está ciente de seus direitos e procurando que eles sejam cumpridos.

Para abrir uma reclamação no Procon-PE o consumidor deve comparecer a uma de nossas 52 unidades munido de carteira de identidade, CPF e comprovante de residência. É preciso levar também documentos que possam comprovar a reclamação, como nota fiscal, ordem de serviço, fatura, comprovante de pagamento, contrato, entre outros.


Ranking das empresas em 2019

1º Celpe – 5.744

2º Compesa – 4.567

3º TIM – 2.728

4º Claro – 2.040

5º Banco Bradesco – 1.897

6 º Caixa Econômica Federal – 1.506

7º Telemar – OI Fixo – 1.478

8 º Vivo – 1.333

9º Banco Itaucard – 1.254

10º Banco BMG – 1.202


Imprensa Procon PE