03/10/2019

PGJ recebe título de cidadão pernambucano na Alepe

O procurador-geral de Justiça (PGJ) do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Francisco Dirceu Barros, recebeu na noite desta quarta-feira (02/10) o título de cidadão pernambucano. A honraria foi concedida em sessão solene na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), em projeto de autoria do deputado estadual Lucas Ramos.

“Francisco Dirceu Barros é um homem que dedicou 20 anos de sua vida pública para contribuir com o desenvolvimento de Pernambuco. Sua atuação frente ao Ministério Público é um exemplo de atuação na defesa dos direitos, do acesso à cidadania e do zelo pelo erário público. Ele vem devotando sua vida à melhoria do dia a dia dos pernambucanos. É um homem com capacidade de diálogo, capaz de formar soluções consensuais, sempre priorizando a diplomacia. Encontrando caminho onde só há escuridão”, disse o deputado estadual, Lucas Ramos, autor do pedido de concessão do título de cidadão pernambucano.

“Hoje é um dia de alegria, estou emocionado e honrado com a concessão de cidadão pernambucano. Nesses 20 anos acho que recebi mais presentes do que consegui doar. Foram anos de intenso trabalho e tenho muito orgulho da trajetória e do trabalho desenvolvido”, disse o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros.

Compuseram o dispositivo de honra para a sessão o deputado estadual e presidente da Alepe, Eriberto Medeiros; a procuradora-geral do Estado em exercício, Giovana Andrea Gomes, que representou o governador do Estado Paulo Câmara; o desembargador Stênio Neiva, que representou o desembargador e presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Adalberto de Oliveira Melo; a vereadora Michele Collins, que representou o presidente da Câmara dos Vereadores do Recife, Eduardo Marques; o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Ranilson Ramos; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - Sec. Pernambuco, Bruno Batista; e o desembargador do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF), Leonardo Carvalho.

Imprensa MPPE