11/12/2019

#NinguémSoltaAMãoDeNinguém [27]

A Gabrielle é de Caxias do Sul/RS e sua cachorrinha Margô está com um grave problema de saúde. O link da Vakinha é esse aqui: http://vaka.me/811210

Veja a seguir o depoimento:

Então, minha cachorrinha é uma pug, atualmente com 3 meses, começou a apresentar alguns sinais estranhos. Ela andava pelas paredes e se escondia. No dia 17/11 levamos ela numa clínica para consultar, a veterinária disse que poderia ser pneumonia, pois ela tinha secreção no pulmão. Foi feito raio x e exame de sangue, nada constou. Ela ficou internada no domingo e na segunda teve alta, comportamento normal, corria, comia e brincava. Só que 3 dias após ela começou a agir estranha de novo, dormia demais e no dia seguinte começou a ter os mesmos sintomas da outra vez e a cada hora que passava aumentava mais, ela ficava andando compulsivamente e com a boca aberta, não respondia aos chamados e não queria brincar. Levamos novamente na veterinária e ela constatou que seria um problema no fígado. Foi feito exames e diagnosticado SÍNDROME DE SHUNT PORTOSSISTÊMICO. Essa doença atinge o fígado, onde ele não pode receber proteínas, pois transforma tudo em toxinas, que vão diretamente pro cérebro. **toxinas derivadas da amônia**
Quando essas toxinas vão ao cérebro, causa sintomas neurológicos. A doença tem tratamento, porém não é eficaz, só com o tratamento a vida dela é curta, 2 anos. A cura definitiva é uma cirurgia, a qual não podemos arcar. Ela precisa dessa cirurgia para viver normal!!!