quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Animalis: uma expressão única

Barro, madeira, fotos, esculturas, cores, expressão. Ao entrar na casa-atelier de Carlos Vasconcelos, nos deparamos com a mais pura arte desde o primeiro momento. Inspiração? Não, segundo o artista: "Nem me fale nessa palavra, uma coisa na qual eu não acredito é a inspiração, nunca acreditei nisso!"

Se a ideia de inspiração é rejeitada, a presença da música, essa sim,é louvada. Bach, Vivaldi, Rolling Stones, Kraftwerk e Amy Winehouse são algumas das influências musicais que reforçam a vivência de Vasconcelos ao construir cada peça.

O ambiente logo encheu-se de amigos, que vieram prestigiar. No atelier, tudo vira arte: imagens sacras, elementos da cultura popular e principalmente as peças que dão nome à exposição: bichos de todas as espécies. "Amo tudo quanto é bicho! Isso me leva à infância", se emociona Vasconcelos.

E continua: "Vivia em guerras de carrapateira, em que cada menino pegava seu bodoque e quem fosse atingido tinha que mostrar a roncha (pancada) pra brincadeira ter valido a pena", relata, com lágrimas nos olhos. 

Quem quiser conhecer um pouco mais das suas experiências históricas culturais, pode acessar o portfólio digital https://carlosvasconceloscriacoes.com, que congrega um pouco de todos os seus trabalhos e criações. No site, pode-se ainda adquirir uma das 15 peças em pequena, média ou grande escala, que estará disponível na plataforma digital.

Veja a seguir algumas das obras de Carlos Vasconcelos







Nenhum comentário:

Postar um comentário