Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

segunda-feira, março 22, 2021

Criatividade com pneus dá nova roupagem a unidade da Funase

 

No Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Timbaúba, unidade da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) na Zona da Mata Norte, uma boa prática na área de qualificação profissional está dando uma nova roupagem aos espaços de cumprimento da medida de internação por adolescentes em processo de reinserção social após envolvimento em atos infracionais. Trata-se do curso de Artesanato em Pneus, por meio do qual os alunos aprendem a criar, por exemplo, cacimbas artesanais, araras e tucanos usados na decoração de salas e das áreas externas. A turma mais recente chegou ao fim na última sexta (19).

 

A iniciativa foi idealizada pelo coordenador-geral da unidade, Adelson Paixão, que também é responsável por ministrar as aulas. Quinze socioeducandos participaram da ação, que já contou com três turmas formadas. As aulas ocorreram em grupos com até cinco alunos, com observância às medidas de prevenção ao coronavírus. No início de março, quando a segunda turma estava em atividade, dois adolescentes que já haviam passado pelo curso foram convidados para ministrar as aulas juntamente com o instrutor.

 

Todos os itens são produzidos a partir da ressignificação de pneus reaproveitados, o que ajuda a passar também a mensagem sobre a importância do reúso de materiais que, se descartados incorretamente, prejudicariam o meio ambiente. As atividades têm certificação do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). O fato de os objetos estarem sendo destinados à decoração dos espaços da unidade tem funcionado como um estímulo ao envolvimento coletivo dos alunos nesse processo.

 

Para o coordenador-geral do Case Timbaúba, Adelson Paixão, cursos como esses têm um papel diferenciado na trajetória dos adolescentes atendidos pela Funase. “Estou na instituição há 20 anos e é gratificante poder contribuir para o desenvolvimento profissional deles. O curso é uma oportunidade, para que, ao saírem da Funase, disponham de uma série de conhecimentos práticos e avaliem a possibilidade de trabalhar com artesanato, um característica muito forte em nossa região”, afirma.


lmprensa Funase PE





Nenhum comentário:

Postar um comentário