quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Greve e aulas presenciais estão suspensas para debate com especialistas

 

Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação aprovaram em Assembleia um acordo com o Governo do Estado e suspenderam a Greve em Defesa da Vida, ao mesmo tempo em que o Governo também interrompe as aulas presenciais na rede pública estadual até o próximo dia 21 de outubro. A Assembleia ocorreu na tarde desta quinta-feira, 8 de outubro. 

Com a presença de 1.100 profissionais no ambiente virtual, por votação de 78% a 16%, a categoria acatou a proposta da direção do Sintepe (Sindicato dos Trabalhadores em Educação) de abrir negociações com o Governo do Estado, instituindo uma Comissão Setorial para discutir o contexto do retorno às aulas. A comissão será formada por três representantes do Sintepe e três representantes do Governo. A Comissão Setorial terá reuniões com especialistas indicados por ambos (governo e sindicato) e que debaterão as questões inerentes ao tema. As aulas remotas também serão tema dos debates. 

No dia 6 de outubro, por força de liminar solicitada pelo Sintepe, a Justiça interrompeu as aulas presenciais. Com o acordo, o Sintepe interrompeu suas mobilizações ao mesmo tempo em que permanece em Estado de Greve e em Assembleia Permanente. Esta é uma condição em que o Sindicato mantém a categoria mobilizada e debatendo a temática para, caso necessário, entrar em greve novamente.

Em breve o Sindicato divulgará um calendário de mobilizações e debates sobre o tema.

Com informações do jornalista Jonatas Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário