07/11/2018

Ator Pedro Dias estreia no cinema

Após mais de 30 anos atuando nos palcos, o ator Pedro Dias agora pode ser visto também nas telas. 2018 está sendo um de seus anos mais desafiadores, pois além dos personagens Bento Teixeira (Senhora de Engenho - Entre a Cruz e a Torá) e o Chefe do Presídio (Ana de Ferro - Rainha dos Tanoeiros do Recife), Dias encarou três personagens diferentes.

No filme O Menino que Morava no Som, de Felipe Soares (Direção) e Priscilla Botelho (Produção), com estreia prevista pata 2019, Dias interpreta um pai de família que toma uma difícil decisão. Já no curta A Gata, dos formandos da AESO Barros Melo, Débora Caldas e Luan Almeida, ele dá vida a um diretor de colégio (foto maior). 

Mas certamente, a história que promete desafiar não apenas o ator, mas quem for assistir a película, é (SUB)Imersa, primeiro curta da atriz e agora diretora Maria Dias. E ela é só elogios a Pedro, quando fala dessa parceria. "Trabalhar ao lado de Pedro Dias é embarcar numa bem humorada viagem de talento e profissionalismo! Ele propicia em cena e nos bastidores da cena um clima de cumplicidade e aprendizagem que muito favorece a criação coletiva!"

As aventuras audiovisuais do Pedro não terminam por aqui. 2018 ainda tem duas novidades, produções que estão sendo gravadas em municípios do interior de Pernambuco, mas ele não conta nem por decreto: "Assim perde a graça, né?", finaliza.