segunda-feira, janeiro 31, 2022

Comemoração do Ano Novo Chinês no Recife

 

O Marco Zero do Recife, um dos principais cartões-postais da cidade, foi palco, na noite deste domingo (30), de uma grande celebração ao Ano Novo chinês, o ano do Tigre. O evento foi realizado pela Prefeitura, por meio do Gabinete do Centro do Recife e da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), em parceria com o Consulado Geral da República Popular da China, e reuniu integrantes da comunidade chinesa local e a população para festejar com um show de luzes e de projeções sobre um prédio histórico do local e no Parque das Esculturas Francisco Brennand. Apresentações de danças típicas chinesas, com direito ao desfile do tigre, também empolgou o público presente, marcando a boa nova. Símbolos da cultura chinesa, como a bandeira, o urso panda, paisagens como o da Grande Muralha, bem como imagens esportivas se misturaram com imagens da capital pernambucana, foram exibidos ao som de uma trilha sonora especialmente produzida para o show. O espetáculo foi mais uma ação do Programa Recentro.

A celebração do ano novo chinês teve como finalidade estreitar o relacionamento do Recife com as cidades-irmãs de e Guangzhou e Chengdu, situadas, respectivamente, no Sul e Sudoeste da China. O processo de irmanamento foi constituído através de acordos de geminação, que prevê o intercâmbio educacional e cultural e a integração dos polos tecnológicos e industriais das cidades com a capital pernambucana. O público presente, além de apreciar o espetáculo de cores e imagens, também foi presenteado com souvenirs com símbolos da cultura chinesa, como a bandeira do país e o urso panda em pelúcia.

Na fachada do prédio da Associação Comercial de Pernambuco (ACP), no Marco Zero, o espetáculo de imagens foi acompanhado de trilha sonora elaborada especialmente para o evento, com um pout-pourri de ritmos pernambucanos e chineses. Foram posicionados 42 equipamentos de iluminação (Moving light), com feixes de luz coloridos cortando o céu ao som de trilha sonora remixada de música chinesa com pernambucana, interagindo com a projeção mapeada no prédio.

Entre as imagens projetadas, estiveram a do tigre, uma referência ao fato de 2022 ser o Ano do Tigre no horóscopo chinês, imagens alusivas ao Festival de Primavera daquele país asiático, pontos turísticos do Recife e bem como também do teaser da Olimpíadas de Inverno, que ocorrerá em Beijing, no mês de fevereiro. No total, foram realizadas quatro apresentações.

A chefe do Gabinete do Centro do Recife, Ana Paula Vilaça, destaca a importância da comemoração para reforçar a relação entre o Recife e a comunidade chinesa. “A comunidade chinesa é um ator estratégico para o centro de nossa cidade. Nós temos mais de 5 mil chineses na área do centro histórico que são fundamentais e que trabalham, produzem, vivem e moram no centro. Eles estão bastante engajados com o Programa Recentro e com os novos projetos da Prefeitura para essa área”, afirmou a gestora municipal, ressaltando a importância de estreitar as relações da cidade com a China.

GERALDÃO ILUMINADO - Além das apresentações no Marco Zero, o Ano Novo Chinês também foi marcado pela iluminação na cor vermelha do Ginásio de Esportes Geraldo Magalhães, o Geraldão, no bairro da Imbiribeira. Sob o equipamento municipal foram projetadas as luzes que simbolizam a China. A decoração permanece até esta segunda-feira (31). Tanto a iluminação do Geraldão quanto o espetáculo no Marco Zero foram gravados para serem exibidos durante a virada do ano chinês pela emissora CCTV (Central China Television), a maior emissora de televisão da Ásia, com audiência de mais de 350 milhões de telespectadores.

ANO NOVO CHINÊS - As celebrações no domingo e segunda-feira são referências à data de comemoração do ano-novo adotada por diversos países da Ásia. O calendário chinês é lunissolar e leva em consideração tanto as fases da lua como a posição do sol. Os chineses relacionam cada novo ano a um dos doze animais que teriam atendido ao chamado de Buda para uma reunião. Apenas doze teriam se apresentado e, em agradecimento, Buda os transformou nos signos da astrologia chinesa. O ano de 2022 será marcado como sendo o Ano do Tigre.

lmprensa Recife

Nenhum comentário:

Postar um comentário