Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

terça-feira, março 02, 2021

SP: Mulheres, refúgio e pandemia: temáticas integram agenda do Museu da Imigração

 

Na primeira quinzena de março, o cronograma híbrido do Museu da Imigração – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – será marcado por oficinas de Tai Chi Chuan, contação de história e lives sobre mulheres na história do café e da imigração e situação das mobilidades humanas na pandemia. O público poderá prestigiar, ainda, a exibição de um documentário com as trajetórias de venezuelanas refugiadas.

Iniciando a programação, oficinas de Tai Chi Chuan acontecerão diretamente do jardim do complexo da antiga Hospedaria de Imigrantes do Brás, nos dias 06 e 13 (sábado), das 11h às 13h. Com limite de 20 participantes cada, as aulas seguirão os protocolos de distanciamento social e obrigatoriedade do uso de máscara. Para participar, é necessário se inscrever previamente. Para quem preferir acompanhar de casa, um trecho das atividades será transmitido ao vivo no Instagram.

Especialmente para a garotada e família, a mediadora de leitura do espaço “Semear Leitores”, Gabrielli Chagas, apresentará a história “O pó do crescimento”, também no dia 06 (sábado), a partir das 15h. Com diversão e descobertas, os detalhes do livro de Ilan Brenman poderão ser acompanhados presencialmente e em uma live no perfil do MI no Instagram.

Em referência ao Dia Internacional da Mulher (08), a live “Mulheres na história do café e da imigração” será promovida em parceria com o Museu do Café, às 18h, no YouTube. Na ocasião, os pesquisadores das instituições conversarão com a professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), com extensa atuação na área de História e ênfase em imigração, gênero e cotidiano, Maria Izilda Santos de Matos. O bate-papo abordará o uso de fontes para o estudo migratório e do grão, assim como a presença das mulheres nos acervos dos dois equipamentos culturais.

Já entre os dias 10 e 31, o Museu exibirá o documentário “Adelante - A Luta das Venezuelanas Refugiadas no Brasil”, dirigido pela cineasta e jornalista Luiza Trindade, com coprodução do Projeto Celina e do jornal O Globo e apoio da ONG PARES Cáritas. Durante o horário de funcionamento, os visitantes poderão assistir ao filme, que conta as histórias de oito mulheres e é um recorte íntimo sobre as consequências de um país inteiro, além de visualizar fotografias realizadas no processo de gravação.

A segunda live da série “A situação das mobilidades humanas na pandemia” está marcada para o dia 11 (quinta-feira), quando o pesquisador Thiago Haruo receberá a membro-fundadora da Rede de Empreendedores Imigrantes Sempre Adelante, Jhannyna Siñani. A partir das 17h, no Instagram, a conversa mencionará os efeitos da COVID-19 para a população migrante, o mundo do trabalho e, também, as atividades de articulação entre esses sujeitos políticos.


Serviço
Oficinas de Tai Chi Chuan
Datas: 06 e 13 de março
Horário: 11h às 13h
Local: Jardim do Museu da Imigração
Plataforma: Instagram

Contação de História “O pó do crescimento”
Data: 06 de março
Horário: 15h
Local: Museu da Imigração
Plataforma Live: Instagram

Live “Mulheres na história do café e da imigração”
Data: 08 de março
Horário: 18h
Plataforma: YouTube

Exibição documentário “Adelante - A Luta das Venezuelanas Refugiadas no Brasil”
Data: 10 a 31 de março
Horário: quarta a domingo, das 11h às 17h
Local: Museu da Imigração

Live Série “A situação das mobilidades humanas na pandemia”
Data: 11 de março
Horário: 17h
Plataforma: Instagram

Museu da Imigração
Rua Visconde de Parnaíba, 1.316 – Mooca – São Paulo/SP
Tel.: (11) 2692-1866
Funcionamento: de quarta a domingo, das 11h às 17h (fechamento da bilheteria às 16h).
R$10 e meia-entrada para estudantes e pessoas acima de 60 anos | Grátis aos sábados
Acessibilidade no local - Bicicletário na calçada da instituição

Nenhum comentário:

Postar um comentário