Podcast Tais Paranhos

terça-feira, junho 01, 2021

Exportações do Agronegócio de Pernambuco bate recordes

 

As exportações do agronegócio pernambucano alcançaram a marca de US$ 147,5 milhões no acumulado de janeiro a abril de 2021, o que corresponde a um crescimento de 56% em relação ao mesmo período do ano anterior. Esse é um novo recorde em relação aos primeiros quadrimestres dos últimos oito anos, segundo análise da Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe).

Os principais produtos exportados nesses quatro primeiros meses foram o açúcar (US$ 70,5 milhões), álcool (US$ 13,9 milhões), mangas (US$ 24,4 milhões), uvas (US$ 16,5 milhões) e sucos (US$ 5,3 milhões). Esses cinco itens representaram 88,5 % da pauta exportadora do agro pernambucano, no período.

Segundo o presidente da Faepe, Pio Guerra, mais uma vez a cana-de-açúcar fortalece a economia estadual. “Com um câmbio atrativo e mercado favorável, a cadeia canavieira pôde mostrar sua eficiência, diversificando seus países compradores”, destacou.

Sobre a fruticultura, o presidente avaliou que, mesmo com números positivos, a atividade terá - como é habitual, um desempenho ainda mais expressivo nos próximos quadrimestres.

Exportações - Os principais compradores do açúcar pernambucano foram países da África e do Oriente Médio, destacando-se Senegal (US$ 21,6 milhões) e Líbano (US$ 9,6 milhões). Enquanto que a maior parcela do álcool comercializado seguiu para o México (US$ 3,1 milhões) e para Colômbia (US$ 2,6 milhões).

Na fruticultura, também podemos observar diferenças de destinos entre os produtos. As vendas para Espanha (US$ 10,8 milhões) e Holanda (US$ 9 milhões) representaram 81% do valor obtido com as exportações de manga. Já a uva teve como forte comprador os Estados Unidos (US$ 10,9 milhões).

A análise da Federação é baseada em dados dos órgãos oficiais do governo.

lmprensa Faepe

Nenhum comentário:

Postar um comentário