segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Primeira semana no espaço de acolhimento para pessoas em situação de rua é marcada por ações culturais

O Espaço de Acolhimento Institucional Emergencial de Olinda, localizado no Clube Atlântico, Carmo, comemora seus primeiros dias de atendimento. A iniciativa da Prefeitura da cidade, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos, atende atualmente 22 homens e nove mulheres que outrora estavam na rua, expostos a pandemia da COVID-19.

Nesse primeiro momento, para gerar uma aproximação com os residentes, foi feita uma atividade lúdica. A equipe que atende o espaço (assistentes sociais, psicólogos e coordenadores) realizou um exercício chamado “Circo dos Sonhos”, onde eles tiveram experienciais artísticas como, por exemplo, andar em perna de pau.

O espaço foi todo montado para garantir conforto e qualidade de vida, além de diminuir o contágio causado em tempos de pandemia, prevenindo a contaminação entre pessoas em situação de rua. A estrutura suporta até 40 usuários que passaram previamente por uma triagem através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

O pavilhão está dividido em três áreas para o repouso, o dormitório feminino, o masculino e o familiar, que abrigará as mães que estiverem com seus filhos menores de idade. E tem também estrutura conta com lavanderia, além de banheiros e chuveiros adaptados para a situação.

Imprensa Olinda

Nenhum comentário:

Postar um comentário