sexta-feira, outubro 11, 2019

Jogos Paralímpicos do Recife reúnem cerca de 350 paratletas até o domingo

A partir desta sexta (11), cerca de 350 paratletas participam dos Jogos Paralímpicos do Recife 2019, competição que tem o objetivo de estimular a participação de pessoas com deficiência em atividades esportivas, além de fomentar a interação social entre elas. O evento é realizado pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer (Seturel), e terá competições até o domingo (13), no Instituto dos Cegos Antônio Pessoa de Queiroz, no Compaz Ariano Suassuna e no Parque Santos Dumont.

O lançamento aconteceu na tarde desta quinta (10), com a presença de autoridades municipais e representantes do segmento. O ponto alto foi a homenagem a três paratletas que conquistaram medalhas nos Jogos Parapan-Americanos de Lima: Sandro Varelo e Leylane Moura, do Atletismo, e Lucas Carvalho, do Tênis de Mesa, além dos treinadores Ismael Marques da Silva, Pedro Antônio da Silva Neto, Soraya Jeneska de Santana e Paulo Roberto Matos. “É muito importante ver que a Prefeitura está estendendo o tapete vermelho para que os paratletas tenham voz ativa”, comentou Sandro Varelo.

Na sexta (11), o Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro, será palco para as competições de Basquete em Cadeira de Rodas, das 8h às 18h, e Natação, das 8h às 13h; as disputas de Goalball acontecem sábado (12), no Instituto dos Cegos, das 8h às 17h, enquanto que o Parque Santos Dumont, em Boa Viagem, recebe as finais do Basquete em Cadeira de Rodas, das 8h às 12h, além do Parabadminton e Tênis de Mesa (13h às 17h) e Atletismo (8h às 17h). No domingo (13), os jogos se encerram com as disputas do Futebol de 5, no Instituto dos Cegos, das 8h às 13h.

SUPERAÇÃO - “É um grande orgulho realizar mais essa edição dos Jogos Paralímpicos, um projeto inclusivo realizado pela Prefeitura do Recife. Esse momento é dedicado aos paratletas, esses guerreiros que nos dão grandes exemplos de superação”, afirmou a secretária de Turismo, Esportes e Lazer, Ana Paula Vilaça. A primeira-dama do Recife, Cristina Mello, e a secretária de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas Sobre Drogas e Direitos Humanos, Ana Rita Suassuna, prestigiaram o evento.

Para a secretária executiva de Esportes, Yane Marques, os Jogos marcam a celebração e a valorização do esporte paralímpico. “Os paratletas são heróis na quadra e na vida. Realizamos esse evento com todo o zelo que o segmento merece. Vale destacar também que os paratletas estão representados no Conselho Municipal de Esportes do Recife, que se reuniu pela primeira vez nesta quinta”, destacou.

Entre as novidades dos Jogos deste ano estão a classificação funcional pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) para as modalidades de Basquete em Cadeira de Rodas e Atletismo, e a participação de mulheres na disputa do Basquete, que terá também a presença de cinco equipes das cidades de Fortaleza, Maceió e João Pessoa. “Cada vez mais pessoas de outros municípios e estados querem participar do evento. Ano passado, fiquei encantada com os Jogos e tenho certeza que a edição de 2019 será ainda melhor”, ressaltou a vice-presidente do CPB, Naise Pedrosa.


Imprensa Recife