Podcast Tais Paranhos

sexta-feira, dezembro 13, 2019

Hoje tem Ato de Repúdio aos 51 anos do AI-5

Neste momento, está ocorrendo no Recife um Ato de Repúdio aos 51 anos do Ato Institucional n° 5, mais conhecido como AI-5. No dia 13 de dezembro de 1968, foi o então presidente da República, Artur da Costa e Silva (1889-1969) que promulgou esta legislação, que cassou mandatos e revogou direitos civis. Cerca de 20 mil pessoas foram torturadas e mais de 400 morreram e/ou desapareceram, a maioria das vítimas entre os anos de 1969 e 1974.

Recentemente, integrantesaliados do atual governo federal voltaram a falar sobre o AI-5. Claro, imprensa, juristas e a população rechaçada de imediato. E por isso mesmo, é preciso que se relembre desses tempos difíceis, para que nada disso aconteça.

Por isso mesmo, o mandato coletivo das Juntas Codeputadas (PSol - PE), junto a entidades da sociedade civil organizada, promovem um ato de Repúdio contra o AI-5, no Monumento Tortura nunca mais (foto). "No primeiro momento, vamos fixar placas em homenagem às pessoas perseguidas, mortas e desaparecidas no período da ditadura, no Monumento Tortura Nunca Mais. Em seguida, na Alepe, realizamos um seminário relembrando todo o processo de luta e resistência pela democracia em nosso País, bem como resgatando a importância de lutarmos contra medidas como o AI-5", afirma a codeputada Carol Vergolino.

Serviço:

_*Ato Público em Repúdo ao AI-5 e pela Defesa da Democracia*_
🗓 _13 de dezembro de 2019_ 
🕘 _9h00: Fixação de placas no Monumento Tortura Nunca Mais_
🕙 _10h00: Seminário aberto na Alepe (Auditório Ênio Guerra - Rua da União, nº383)_