segunda-feira, julho 08, 2019

Procon- PE notifica parques e cinema do Shopping Center Recife

O Procon-PE, iniciou na manhã de hoje (08.07) a Operação Carrossel, que visa fiscalizar games, parques, cinemas, circos e outros serviços oferecidos para diversão. O Corpo de Bombeiros foi convidado para participar da ação. O Shopping Center Recife foi o primeiro a ser fiscalizado. Dos sete espaços de diversão/entretenimento, quatro foram notificados: a Arena Detetive Pikachu; o Game Box; o Game Station e o cinema. O principal problema é a informação incompleta ou a falta dela.

Na Arena Detetive Pikachu, a constatação foi por falta de informação. Nos cartazes espalhados no centro de compras, há que a cada R$ 50 reais em compras a nota pode ser trocada por um ingresso. Mas, não há indicações visíveis de que essa troca não poderá ser realizada se for por compras de medicamentos, bebidas e cigarros.

No Game Station há uma promoção, de um combo, onde comprando um pacote até às 12h o consumidor tem direito a três horas de parque, mais R$ 40 de bônus. "Durante a fiscalização chegou um consumidor para comprar o pacote e foi informado que tinha apenas 15 minutos para usufruir. O game alegou que a utilização era apenas até às 12h. Notificamos o local por propaganda enganosa, pois não era isso que estava sendo anunciado no panfleto", explicou a gerente de fiscalização do Procon/PE, Danyelle Sena.

O Game também foi notificado por falta de informações sobre valores, induzindo o consumidor a comprar apenas os combos, e pela falta de faixa etária em alguns brinquedos impróprios para crianças menores.

CINEMA - O órgão de defesa do consumidor fiscalizou também as salas de cinema. Na ocasião foi verificada a lei da meia-entrada, se havia fila preferencial para compra de ingressos e a data de validade dos alimentos expostos à venda.

Também estava sendo verificada se a Lei Estadual, N° 15.724 de março de 2016. A lei assegura meia-entrada para portadores de câncer e para seu acompanhante, desde que comprovada a necessidade.

"Notificamos os cinemas porque não havia nenhuma placa referente a lei. Também constatamos outra irregularidade, nos painéis dos caixas era anunciada uma promoção chamada de 'segunda mania', onde o consumidor pagava um valor mais barato. Mas, ao chegar na compra ele ficava sabendo que a promoção não valia para o mês de julho”,disse Sena.

O cinema foi notificado e todos os consumidores que estavam na fila, compraram o ingresso no valor promocional. As fiscalizações terão continuidade durante essa semana, em toda a Região Metropolitana do Recife.


Imprensa Procon PE