domingo, julho 07, 2019

Ninguém solta a mão do Zé e ele não solta a mão de ninguém

O ator José de Abreu foi condenado a pagar R$ 20 mil ao Hospital Albert Einstein, de São Paulo. Seguidores do artista tiveram iniciativa de fazer uma Vakinha para arrecadar o dinheiro. No entanto, Abreu já anunciou que pretende doar o excedente da Vakinha e mais R$ 20 mil a instituições que cuidam de crianças e idosos. Mais do que o pagamento da indenização, o que os fãs e seguidores de Abreu veem como absurdo é a rapidez do julgamento e o cerceamento da liberdade de expressão. Independente da iniciativa de doação, o ator vai recorrer da decisão até a instância do STF.