Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

WTF? Translate here!

quarta-feira, julho 07, 2021

Servidora da Funase é formada em curso de referência internacional em mediação de conflitos

 

Uma servidora da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) de Pernambuco, foi formada em um curso de referência internacional em mediação de conflitos. Vitória Barros, profissional efetiva e à frente da Assessoria Técnica de Casas de Semiliberdade (ATCS) da instituição, teve acesso a conteúdos embasados na Comunicação Não Violenta e na Justiça Restaurativa com o propósito de fomentar uma cultura de paz. A ideia é que, em breve, a experiência seja compartilhada com outros funcionários que atuam no sistema socioeducativo no Estado.

O curso, ofertado sem ônus aos cofres públicos, por meio da Mediação Brasil, ocorreu de março a junho e contou com profissionais de várias partes do país. “Foi uma experiência de muita dedicação às aulas, que ocorriam nas quartas-feiras e aos sábados, mas um verdadeiro presente da Funase, que, por meio da presidente, Nadja Alencar, e da superintendente da Política de Atendimento, Íris Borges, me indicou para essa bolsa de estudos que foi oferecida à instituição. No curso, nos deparamos com um novo olhar sobre mediação de conflitos, com embasamento na Comunicação Não Violenta e na Justiça Restaurativa”, afirma Vitória.

A servidora foi membro de um grupo gerador que, entre 2017 e 2018, trabalhou temáticas como essas junto a servidores do sistema socioeducativo e que resultou na criação do Núcleo de Justiça Restaurativa da Funase, em 2019. Já no curso sobre mediação de conflitos, ela teve que atender uma série de requisitos de avaliação durante um simulado conduzido por duas mediadoras, de forma online. Por seu bom desempenho, foi convidada a fazer um novo curso, desta vez, de aprofundamento da mediação de conflitos, também sem ônus para os cofres públicos. “Tenho muita gratidão pela oportunidade de ter acesso a esses conhecimentos de referência mundial e que podem contribuir muito para o dia a dia da nossa atividade no sistema socioeducativo”, complementa.

O secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco, Sileno Guedes, destaca a importância de conteúdos de referência serem incorporados à rotina do sistema socioeducativo. “A equipe da Funase tem essa cultura muito forte de se especializar e produzir conhecimento. Temos técnicos e outros profissionais de imensa qualidade, muito comprometidos. Isso tende a impactar de forma muito positiva esse processo do fazer, que, mesmo em meio a adversidades, vem evoluindo”, avalia.

lmprensa Funase

Nenhum comentário:

Postar um comentário