terça-feira, agosto 27, 2019

Recife realiza exames para identificar deficiência visual em crianças, nesta quarta (28)

Na manhã desta quarta-feira (28), a Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife promoverá uma ação de prevenção e identificação precoce da deficiência visual através de exames de acuidade visual, no Compaz do Alto Santa Terezinha, zona norte do Recife. Cerca de 100 alunos das escolas municipais próximas ao Compaz farão o exame que avalia a capacidade da visão de perceber a forma e o contorno dos objetos. A atividade faz parte da 18ª Semana da Pessoa com Deficiência, que se encerra na próxima quinta-feira (29).
A ação integra o Projeto Além do Olhar, desenvolvido pela Sesau Recife, em parceria com a Fundação Altino Ventura e a Secretaria de Educação do Recife. Durante a manhã, algumas crianças com deficiência visual que participam da iniciativa farão apresentações de dança, participarão de contação de histórias e mostrarão como o cão guia as auxilia. Também será montado um circuito sensorial, com formas e texturas diversas, para que as crianças sem deficiência visual experimentem uma vivência do universo da pessoa com deficiência visual.
Ainda serão expostos brinquedos e recursos utilizados no processo de reabilitação do Projeto Além do Olhar. Além disso, serão ofertadas ações de promoção e prevenção para cerca de 200 pais ou responsáveis pelas crianças do projeto, como aferição de pressão arterial, teste de glicemia e orientação de saúde bucal.
ALÉM DO OLHAR - O Além do Olhar é um projeto de reabilitação visual para crianças e adolescentes de 5 a 17 anos com baixa visão e cegueira total. A intervenção acontece através Reabilitação Baseada na Comunidade (RBC), que visa garantir a intervenção precoce, orientação e mobilidade da vida diária. Os atendimentos de reabilitação acontecem na escola, no domicílio e na comunidade.
O projeto atende e acompanha, em média, 200 pacientes por ano. Somente no primeiro semestre deste ano, 13 crianças e adolescente foram identificados com deficiência visual e incluídas no Além do Olhar. Atualmente, estão em acompanhamento 125 crianças e adolescentes, dos quais 108 com baixa visão e 17 com cegueira.
SEMANA - A 18ª edição da Semana da Pessoa com Deficiência vem sendo realizada pela Prefeitura do Recife desde o último dia 21, com ações de diversas secretarias e órgãos para valorizar essa população. O objetivo é conscientizar a sociedade sobre assuntos voltados à deficiência, inclusão e igualdade de oportunidades. De acordo com o censo/2010 do IBGE, mais de 400 mil pessoas com algum tipo de deficiência vivem na capital pernambucana (quase 30% da população).
A programação da Secretaria de Saúde, que se encerra na próxima quinta, incluiu atividades físicas com Profissionais da Academia da Cidade, palestras sobre direitos das pessoas com deficiência e alimentação saudável, rodas de diálogos sobre aleitamento materno e prevenção das deficiências da gestação ao puerpério, além de testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite B.

Imprensa Recife