Sabores da Tia Val

Sabores da Tia Val
Encomendas pelo Direct do lnstagram

WTF? Translate here!

domingo, novembro 29, 2020

#JustiçaPorAnaBeatriz

 

A policia prendeu, no último dia 24, dois homens e apreendeu um adolescente, na cidade de Barreirinha, a 331 km de Manaus. Os três estão envolvidos pelo sequestro, violação e morte da pequena Ana Beatriz, de cinco anos. 

Ela era indígena, da etnia Saterê-Mawé e estava dormindo em casa, junto com a mãe e dois irmãos menores quando foi raptada, na madrugada de segunda (23). Seu pai, professor, estava em outra cidade, mas assim que soube do desaparecimento da filha, voltou à aldeia onde vive e, ao lado da comunidade, fez as buscas por Ana Beatriz. Ela foi encontrada já morta nas proximidades da aldeia. 

Esta foto, do jornal A Critica mostra o momento da prisão. Chocadas com a violência, algumas pessoas da comunidade quiseram linchar os suspeitos (enquanto não forem julgados e condenados pela Justiça, só posso usar esse termo e não "assassinos", "violadores", "estupradores", etc.), mas foram impedidas pelos policiais.

No vídeo a seguir, a guerreira indígena, socióloga, professora e poetisa Avelin Buniacá Kambiwá clama por justiça para a menina Ana Beatriz. Não é de hoje que mulheres e meninas indígenas são vitimas de toda sorte de violência. Quantas pessoas no Brasil não contam histórias de uma avó ou bisavó indígena que foi "laçada" pelo avô/bisavô? 

Vejam o vídeo de Avelin:



Nenhum comentário:

Postar um comentário